Powered by Rock Convert

Muita gente considera a gordura corporal como um problema a ser evitado, mas é preciso saber que sua função é de suma importância para o organismo: servir como um depósito energético. Ainda assim, vale ressaltar que nada em excesso é benéfico.

A obesidade, por exemplo, é um fator que prejudica muito a qualidade de vida das pessoas e, portanto, deve ser combatida. Mas aí vem a pergunta: apenas os casos graves de excesso de peso devem ser evitados? A resposta é não!

Neste artigo, eu vou falar sobre a gordura localizada que tanto incomoda as pessoas. Continue a leitura para ficar por dentro do assunto!

Por que a gordura se acumula em diferentes áreas?

Primeiramente, vou explicar algumas características do tecido gorduroso. Os adipócitos são as células responsáveis por realizarem o armazenamento lipídico, que funciona como uma importante fonte energética. A distribuição desse tipo celular é diversa:

  • gordura subcutânea — localizada logo abaixo da camada epitelial, pode ser facilmente detectada ao realizar a chamada prega cutânea;
  • gordura visceral — presente ao redor dos órgãos corporais, principalmente na cavidade peritoneal, ou seja, na região posterior ao abdômen (não é possível detectá-la por meio da prega);
  • gordura intramuscular — localizada entre as fibras musculares, mais presente em indivíduos com quadro de obesidade, e grande causadora de resistência à insulina que predispõe ao diabetes.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

O acúmulo de gordura nas referidas áreas pode ser em decorrência de diferentes fatores. O primeiro deles é a ingestão de calorias acima do que é gasto pelo organismo, o que faz a sobra ficar acumulada.

Já o segundo fator retrata justamente o metabolismo energético. Ele pode estar associado à genética da pessoa e até mesmo ao sistema endócrino, o qual envolve hormônios como estrógeno, progesterona, testosterona, TSH, insulina, dentre outros.

Quais áreas são mais acometidas pela gordura localizada?

Para entender quais regiões do corpo acumulam mais gordura visualmente, deve-se levar em consideração o sexo do indivíduo. Afinal de contas, há uma pequena variabilidade no padrão de cada um.

As mulheres apresentam o chamado padrão ginoide de acúmulo, que figura como a deposição de gordura com maior acometimento dos quadris e das coxas. Isso pode estar associado, por exemplo, ao estrogênio.

Por outro lado, os homens tendem a acumular gordura com maior predominância na região abdominal, englobando os flancos, e também nos ombros e bíceps. Tal padrão também é conhecido como androide.

Como é possível perder a gordura?

Aqui, um conselho de ouro que eu posso dar é que você comece a desenvolver hábitos saudáveis na sua rotina. Estou me referindo, principalmente, à combinação entre alimentação balanceada e prática de exercícios físicos.

Priorize alimentos de boa carga nutricional e baixo índice calórico. Além disso, procure comer de três em três horas e mastigar lentamente. No que diz respeito às atividades físicas, é essencial ter acompanhamento com profissionais, a fim de adequar os exercícios aeróbicos e de musculação às suas necessidades.

Entender as especificidades de cada pessoa é fundamental para um tratamento adequado para gordura localizada. Eu reforço a importância da dieta balanceada e da prática de atividades físicas, mas é bom lembrar que existem outras medidas que potencializam os resultados. A área de estética evoluiu bastante nesse sentido!

Ficou curiosa? Então, conheça agora os melhores tratamentos para gordura localizada!

Share This

Share This

Share this post with your friends!