Powered by Rock Convert

Não é preciso passar fome para emagrecer. Inclusive, já se foi o tempo em que isso era sinônimo de sofrimento. A verdadeira solução para perder peso e manter o corpo em dia é justamente o contrário: seguir uma dieta não restritiva.

Para emagrecer, muita gente corta carboidratos, gorduras — até mesmo as boas e muitas outras coisas.. No entanto, a receita ideal é adotar alguns hábitos saudáveis, como tirar alimentos calóricos do cardápio, não pular refeições e ter uma rotina de exercícios físicos.

Diante disso, criei este post para mostrar que você não precisa deixar de comer coisas gostosas para alcançar o corpo dos seus sonhos. Acompanhe!

Por que as dietas restritivas não funcionam?

Seguir dietas que cortam calorias, carboidratos e gorduras pode até servir para emagrecer. Só que alguns estudos mostram que 95% das pessoas que seguem uma alimentação mais restritiva (que diminui drasticamente a quantidade de calorias do cardápio) ganham ainda mais peso do que tinham antes de começarem a dieta.

O fato é que além de não ajudar o indivíduo a perder gordura, esse estilo alimentar o torna mais obsessivo com o que come enquanto o corpo faz de tudo para recuperar a perda de peso. É o chamado efeito sanfona.

No momento de restrição, o apetite aumenta cada vez mais e o metabolismo diminui. Como consequência, o corpo começa a trabalhar literalmente a favor da sua sobrevivência e faz de tudo para engordar novamente.

A pessoa foca o tempo todo no que pode ou não comer e, ao cair em tentação, sente um misto de medo e culpa. Além disso, passa tanta vontade de comer coisas gostosas que sofre de compulsões alimentares, comete exageros e recupera tudo o que perdeu. E ainda há outro agravante: quanto mais se faz dieta, mais difícil é perder peso, pois nosso cérebro tem memória e aciona os mesmos mecanismos.

Por que é importante mudar o relacionamento com a comida?

Mudar o relacionamento emocional com a comida é um passo muito importante para manter uma dieta não restritiva e viver uma vida cada vez mais saudável. Afinal, a questão interfere tanto na saúde física quanto na autoestima e no lado psicológico.

A culpa por comer demais ou de menos pode trazer efeitos terríveis. E muitos comportamentos relativos a isso têm origem na sociedade, nos padrões de beleza e na necessidade de “ser fitness”. Portanto, evite comer por tristeza ou estresse. Alimente-se somente quando sentir fome.

Se não houver uma mudança de comportamento, de nada adiantará fazer uma dieta. Trabalhe a sua mente hoje para que o seu corpo colha os benefícios amanhã.

Como melhorar a alimentação sem sofrer restrições?

Esqueça a ideia de que dieta é sinônimo de restrições. Claro que emagrecer requer alguns esforços. Porém, o segredo é reeducar sua alimentação e seu paladar para atingir esse objetivo sem abrir mão das coisas gostosas. Aliás, mudar o conceito do que é gostoso é um importante passo para o emagrecimento.

É só trocar os vilões — como doces, refrigerantes, embutidos e gorduras — por opções mais nutritivas __ alimentação serve para nutrir o seu corpo__, de modo a estabelecer uma espécie de rotina para a sua alimentação. Também procure beber muita água, praticar exercícios físicos regularmente e evitar fazer refeições sem pensar na qualidade delas e se você encontra a cada refeição fonte de macronutrientes (gordura boa, carboidrato e proteína). Dessa forma, você:

  • não passará vontades repentinas;
  • conseguirá controlar mais os impulsos;
  • terá mais momentos de prazer;
  • perderá peso de uma maneira saudável e garantida.

Como você pôde ver neste artigo, os regimes malucos até funcionam, mas não trazem um resultado a longo prazo. Pelo contrário: fazem engordar e ainda prejudicam a saúde física e mental. Seguir uma dieta não restritiva e comer coisas gostosas sem sair da linha não é algo complicado. Basta usar a criatividade e substituir alguns alimentos calóricos por opções mais saudáveis.

Se empolgou com a ideia da dieta não restritiva? Então, aproveite que está por aqui e saiba mais sobre 3 hortaliças com benefícios que você nem imagina — com direito a sugestões de receitas!

Share This

Share This

Share this post with your friends!