gordura localizada

Como reduzir a gordura localizada: cintura, coxas e glúteos

Atualizado em janeiro 29, 2021
Por Corpo S/A

Como reduzir a gordura localizada: cintura, coxas e glúteos

Atualizado em janeiro 29, 2021
Por Corpo S/A

Quem nunca perdeu alguns minutos na frente do espelho examinando algumas gordurinhas? A gordura localizada pode ser uma das grandes vilãs da nossa autoestima! Especialmente na cintura, nas coxas e nos glúteos, essa camada adiposa pode nos deixar em dúvida se queremos vestir algumas das roupas que mais gostamos. 

A gordura localizada é resultado do acúmulo de calorias pelo corpo. É uma reserva de energia que o corpo só consome quando não tem outras reservas. Por isso, a melhor maneira de evitar e reduzir a gordura localizada é manter uma dieta equilibrada e uma rotina regular de exercícios físicos.

Você também pode incluir na sua alimentação ingredientes como pimenta, canela e gengibre, que aceleram o metabolismo e estimulam o uso dessa reserva energética pelo corpo.

É importante lembrar que o grau de adiposidade varia muito de pessoa para pessoa, de acordo com uma série de fatores, como genética, alimentação, postura e estilo de vida em geral.

A gordura acumulada pode ter três formas. Veja a seguir cada uma delas:

  • Gordura subcutânea: é mais superficial e fica logo abaixo da pele, tendo pouco impacto na saúde. 
  • Gordura visceral: é mais perigosa porque fica dentro da cavidade abdominal, elevando as taxas de colesterol ruim.
  • Gordura intramuscular: fica alojada entre as fibras musculares e é mais encontrada em pessoas com quadro de obesidade.

Gordura na cintura, pernas e glúteos

Existem pequenas diferenças entre as gorduras localizadas na cintura, nas coxas e nos glúteos. A seguir, você entenderá quais as diferenças e as melhores opções para reduzir a camada adiposa em cada caso.

Alguns estudos indicam que a gordura localizada nas coxas e nos glúteos é mais saudável que a gordura acumulada na região da cintura. A camada adiposa do quadril produz quantidades significativas do hormônio adiponectina, que protege as artérias e ajuda a controlar as taxas de açúcar no sangue e a queimar gordura. 

Já a gordura localizada na barriga está muito associada aos riscos de diabetes, derrame e doenças cardiovasculares, especialmente em mulheres. Infelizmente, é muito comum que a camada de gordura abdominal seja adquirida junto com as camadas das coxas e dos glúteos.

Apesar disso, a camada adiposa localizada na cintura é mais fácil de ser queimada, tanto com uma vida mais saudável quanto com tratamentos estéticos específicos.

Veja a seguir alguns dos melhores exercícios e tratamentos para perder o excesso de gordura nessas regiões do corpo:

Cintura

Um dos exercícios mais interessantes para quem quer perder as gorduras localizadas na barriga é o abdominal hipopressivo. Esse exercício é feito segurando a respiração com a barriga contraída por alguns segundos.  Menos cansativo que os outros tipos de exercícios abdominais, o hipopressivo ajuda não só com a perda de gorduras, como também reduz o estômago dilatado. 

Se você tem mais energia para gastar, então o abdominal cruzado pode ser uma opção melhor para o seu corpo. Este exercício é feito com as pernas no ar e o corpo em forma de V no chão. Além de trabalhar o abdômen, o cruzado também permite trabalhar as pernas. O ideal é que haja o acompanhamento de um profissional de educação física.

E os tratamentos estéticos?

O Medida Certa S/A é perfeito para quem quer perder gorduras e se livrar dos quilinhos a mais também. Esse tratamento leva você em uma jornada de autocuidado para melhorar a sua saúde, aumentar a sensação de bem estar e a sua autoestima.

Mas se você quer algo mais direcionado para as gordurinhas da cintura, pode apostar na Modelagem S/A Abdominal, que combina técnicas de alta performance para diminuir a gordura localizada, reduzir as celulites e melhorar a elasticidade da pele.

Pernas e glúteos

Aqui, a perda de gordura já é um pouquinho mais trabalhosa, mas não é impossível. Os clássicos agachamentos agora podem ser um pouco mais desafiadores com o uso de faixas elásticas. Assim você consegue trabalhar bem os glúteos e as coxas.

Invista também no burpee para fortalecer e tonificar a musculatura dos glúteos. Este exercício tem muitas variações que podem ajudar você a atingir os seus objetivos específicos.

Já no campo da estética, o Modelagem S/A de Pernas e Glúteos é ideal para quem quer mais adquirir mais definição e queimar as gorduras nessas áreas do corpo. Assim como a Modelagem Abdominal, esse tratamento ajuda a promover a produção de colágeno, estimula a quebra de gordura e melhora a oxigenação e a nutrição dos tecidos. 

Você também pode optar pelo Power Shape S/A, um dos tratamentos mais queridos pelas nossas clientes. Ele utiliza diferentes tecnologias para tratar a gordura localizada e a flacidez. São elas: ultrassom, radiofrequência e vácuo.

Que tal dar adeus a essas gordurinhas e aumentar a sua autoestima? Converse com a nossa equipe e descubra qual é o tratamento ideal para você!

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Como reduzir a gordura localizada: cintura, coxas e glúteos.


0 comentários

Você em sua melhor forma!

Converse agora com nossa equipe

Share This