TRATAMENTO ESTÉTICO FUNCIONA?
29 de abril de 2016
Amora para sua Saúde
14 de maio de 2016

Dieta Paleolítica: conheça os prós e contras desse método

Jejum prolongado, carne à vontade e zero carboidrato refinado, são alguns dos pilares dessa dieta. Baseada na alimentação de nossos ancestrais que viviam em cavernas, não tinham cozinhas nem supermercados e obtinham sua comida principalmente da caça e coleta, ou seja, a alimentação era muito diferente da que temos hoje, com massas, produtos industrializados e uma infinidade de opções.

Na verdade, isso foi feito pelo biólogo e ex-atleta norte-americano Mark Sisson. Ele prega um estilo de vida da Idade da Pedra, que inclui não só mudanças na alimentação, como também no dia a dia, insistindo para as pessoas trabalharem em pé, se movimentarem mais e até mesmo andarem descalças por aí. Mas o que caiu mesmo na boca do povo foi a alimentação, e a chamada dieta paleolítica está sendo adotada por muitas pessoas com promessas de emagrecimento e também de um estilo de vida mais saudável e considerado naturalista.

Dentre os benefícios dessa dieta estão: exclusão de carboidratos refinados e de alto índice glicêmico; exclusão de alimentos industrializados; estilo de vida saudável; consumo de frutas, verduras e legumes; o estímulo ao consumo de oleaginosas e o estímulo do consumo de água.

Já como malefício desse tipo de prática tem: a retirada dos grãos da alimentação (o consumo de grãos integrais está associado a diminuição das concentrações de colesterol total, LDL-colesterol e glicose plasmática); o consumo calórico liberado (principalmente proveniente da gordura animal merece atenção especial, pois o excesso de gordura associa-se à aterosclerose, que é o acumulo de gordura na parede das artérias, o que pode levar ao AVC e infarto. Nenhum órgão de saúde propõe o consumo desenfreado de gorduras e, principalmente, das gorduras saturadas)  e o jejum prolongado (que pode causar hipoglicemia, dificuldade de concentração, perda de massa muscular, entre outros males).

Essa reeducação pode ser o bem mais valioso oferecido pela dieta páleo. Eliminar grãos, feijões e laticínios fará você se sentir melhor? Talvez sim, talvez não. Vale lembrar que tratando de saúde devemos sempre procurar profissionais capacitadas para esta orientação e prescrição de um plano alimentar adequado.

Quer mais dicas como esta? Venha para Corpo S/A. Agende sua avaliação gratuita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agendar avaliação

       
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

close-link