Powered by Rock Convert

Quem sempre busca maneiras de eliminar celulite, estria e gordura localizada, provavelmente já ouviu falar em aplicação de carbox. O tratamento estético tem conquistado cada vez mais adeptas por se mostrar bastante eficaz.

Mas, afinal, o que é carboxiterapia e quais são as vantagens do procedimento que está entre os líderes de tratamentos mais pedidos nas clínicas de estética em todo o país? Eu vou explicar direitinho nas próximas linhas.

Continue aqui comigo para saber mais sobre aplicação de carbox e como a técnica vai ajudar você a ter o corpo dos sonhos!

O que é carboxiterapia?

A carboxiterapia consiste em um tratamento estético que utiliza aplicação de gás carbônico em determinadas partes do corpo com o propósito de combater celulites e estrias, assim como promover a firmeza da pele.

O dióxido de carbono — componente essencial da carboxiterapia — tem o poder de estimular a circulação sanguínea das células, o que aumenta a oxigenação e destrói as impurezas causadas pelo excesso de gordura localizada.

Como funciona a aplicação de carbox?

O carbox é aplicado pelo esteticista em um local específico, em diferentes áreas do corpo e em diversas sessões. A aplicação de gás carbônico acontece de modo subcutâneo — via administração de medicamentos feita por meio dos capilares sanguíneos.

É importante destacar que somente os profissionais regulamentados estão aptos a fazerem o procedimento. Portanto, antes de iniciar o tratamento, certifique-se de que a clínica tem a habilitação necessária para realizá-lo.

Para que serve esse procedimento?

Como eu já adiantei, a carboxiterapia é uma aliada contra celulite, estria e flacidez da pele. Saiba mais!

Celulite

A aplicação de carbox é recomendada para tratar a celulite, pois estimula a circulação sanguínea por meio de injeções de gás carbônico. Também promove uma ação oxidativa, uma vez que tende a reduzir as células de gordura do local.

Ao oferecer mais oxigênio para as células, a concentração de lipídios vai diminuir e, consequentemente, reduzir parte do tecido adiposo.

Além da redução da celulite, há uma considerável redução de medidas. Vale lembrar que são necessárias de cinco a dez sessões para obter resultados mais satisfatórios.

Estria

Sabe-se que as estrias são cicatrizes que surgem na pele assim que as fibras de colágeno são rompidas. O fato se deve à extensão exagerada da derme, o que torna o tecido mais fragilizado.

Embora você tenha cuidados diários com a pele, nem sempre é possível evitar o aparecimento das estrias. Em vista disso, a carboxiterapia é ideal para solucionar o problema, uma vez que aumenta a oxigenação do tecido cutâneo e acelera a produção de colágeno, regularizando a textura da pele.

Com aproximadamente quatro sessões do procedimento, já dá para perceber os resultados. As cicatrizes vermelhas são as que mais respondem à aplicação de carbox, porque são estrias mais novas.

Flacidez da pele

A flacidez da pele é provocada pela falta de colágeno, elastina e proteínas que promovem a sua sustentação. Entretanto, se há carência dessas substâncias no organismo, a derme fica mais flácida.

No tratamento, o tecido é estimulado até que haja a dilatação dos vasos sanguíneos, melhorando a oxigenação da pele e a eliminação das células gordurosas. Então, a derme se torna mais resistente e com uma aparência mais hidratada.

Como você viu ao longo do post, a aplicação de carbox é um procedimento que traz excelentes resultados para os mais diversos incômodos estéticos. Para ficar ainda melhor, a dica é aliar o tratamento a uma reeducação alimentar e à prática regular de exercícios físicos.

Gostou deste artigo? Então, assine a newsletter da Corpo S/A e receba sempre as nossas novidades!

Share This

Share This

Share this post with your friends!